Nome Comum

Pacu-Caranha

Nome científico

Piaractus mesopotamicus.

Família

Characidae, de peixes com o corpo lateralmente deprimido e maxilar inferior proeminente.

Características

Corpo romboidal e comprimido lateralmente com coloração variando do castanho ao cinza escuro sendo o ventre sempre mais claro. Boca forte com dentes molariformes. Pode atingir 70 cm de comprimento e pesar até 20 quilos.

Distribuição/ocorrência

Bacia do prata, onde vivem próximo às margens dos rios, principalmente sob árvores frutíferas, alimentando-se dos seus frutos.

Equipamento

Pode ser pescado com vara de bambu com 4 a 5 m de comprimento, linha 0,60 e anzóis fortes, batendo-se a isca de modo a reproduzir o som de uma fruta caindo. Com molinete ou carretilha, varas média ou média pesada, linhas 17 a 25Lb e anzóis fortes.

Iscas

Caranguejos, Minhocuçus, filés de peixes (principalmente Curimba azedo), coquinhos, jenipapo e bolinhas de massa de farinha.

OUTRAS ESPÉCIES ENCONTRADAS NO RIO PARANÁ
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Abotoado

Aruanã

Apaiari

Apapá

Barbado

Bicuda

Black Bass
Cachara Cachorra Facão

Caparari

Corvina

Curimbatá

Dourada

Dourado

Jacundá

Jatuarana

Jaú

Jurupensém

Jurupoca

Lambari

Mandi

Mandubé

Matrinxã

Pacu-Caranha

Pacu-Comum

Piraíba