Nome Comum

Matrinxã

Nome científico

Brycon sp.

Família

Characidae, de peixes com o corpo lateralmente deprimido e maxilar inferior proeminente.

Características

Corpo de coloração prateada, alongado e pouco comprimido lateralmente, nadadeira caudal escura e as restantes alaranjadas. Mancha escura junto ao opérculo. Boca com dentes pontiagudos dispostos em várias fileiras no maxilar superior. Pode alcançar 60 cm de comprimento e pesar 5 quilos.

Distribuição/ocorrência

Bacias Amazônica e Araguaia-Tocantins, onde vivem em rios de águas claras, principalmente junto às pedras e troncos submersos, alimentando-se de frutos, sementes, insetos e pequenos peixes.

Equipamento

Varas médias, linhas 12 a 17Lb e anzóis 2 a 6/0 empatados em aço flexível o mais fino possível.

Iscas

Naturais: Insetos, minhocas, coração e fígado de boi cortado em tirinhas.
Artificiais: Plugs de superfície e meia água, colheres, spinners e flies.

OUTRAS ESPÉCIES ENCONTRADAS NO RIO PARANÁ
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Abotoado

Aruanã

Apaiari

Apapá

Barbado

Bicuda

Black Bass
Cachara Cachorra Facão

Caparari

Corvina

Curimbatá

Dourada

Dourado

Jacundá

Jatuarana

Jaú

Jurupensém

Jurupoca

Lambari

Mandi

Mandubé

Matrinxã

Pacu-Caranha

Pacu-Comum

Piraíba