Nome Comum

Acará-açu, Apaiari/Oscar

Nome científico

Astronotus spp.

Família

Cichlidae - peixes teleósteos, perciformes, de água doce, da América do Sul, América Central e África.

Características

Existem duas espécies conhecidas como Astronotus: A. ocellatus, encontrados nas bacias Amazônica, Araguaia-Tocantins e Prata e A.crassipinis, somente da bacia Amazônica. Ambas muito parecidas, de coloração geral pardo-escura e manchas verticais mais escuras ainda que se destacam no corpo muitas vezes tendente ao vermelho. A ocelattus apresenta ocelos na base da nadadeira dorsal e a crassipinis na base da nadadeira caudal. Pode medir 35 a 40 Cm e atingir 1,5 Kg. É o maior dos Carás brasileiros.

Distribuição/ocorrência

Bacias amazônica, Araguaia-Tocantins e Prata. Foi introduzido nos açudes do Nordeste e na bacia do rio São Francisco.

Equipamento

Vara leve ou média, linhas de 8 a 12 Lb. anzóis de n° 12 a 20.

Iscas

Naturais: Minhocas, pedaços de minhocuçu, miúdos de frango e insetos.
Artificiais: Pequenos Plugs de superfície ou meia água, Streamers e Flies.

OUTRAS ESPÉCIES ENCONTRADAS NO RIO PARANÁ
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Abotoado

Aruanã

Apaiari

Apapá

Barbado

Bicuda

Black Bass
Cachara Cachorra Facão

Caparari

Corvina

Curimbatá

Dourada

Dourado

Jacundá

Jatuarana

Jaú

Jurupensém

Jurupoca

Lambari

Mandi

Mandubé

Matrinxã

Pacu-Caranha

Pacu-Comum

Piraíba